PROJECTOS

< voltar atrás
Início
termo
01 de janeiro 2008
Indefinido

INICIATIVA ORÇAMENTO PARTICIPATIVO PORTUGAL

Objectivos

Disseminar o tema e a metodologia do Orçamento Participativo em Portugal. Em termos específicos isto significa:

  • Capacitar teórica e metodologicamente os diferentes intervenientes envolvidos em processos de Orçamento Participativo;
  • Apoiar as Autarquias na implementação, no desenvolvimento, na monitorização e na avaliação desses processos;
  • Promover a partilha de experiências e as relações em rede entre os promotores de Orçamentos Participativos;
  • Estudar e produzir conhecimento sobre a evolução destas experiências em Portugal;
  • Criar um manancial informativo e documental sobre o tema, tornando-o acessível aos mais variados actores.

Actividades

 
  • Gestão do site Orçamento Participativo Portugal – www.op-portugal.org – propriedade da In Loco;
  • Gestão do site infoOP – www.infoop.org – propriedade da In Loco;
  • Dinamização da aplicação informática infoOP, criada para apoiar a concepção, gestão e avaliação de orçamentos participativos;
  • Consultoria e formação para autarquias sobre a concepção, gestão e avaliação de Orçamentos Participativos;
  • Organização de Encontros nacionais e internacionais sobre Orçamentos Participativos;
  • Organização de acções de formação sobre Orçamentos Participativos;
  • Edição de publicações sobre Orçamentos Participativos;
  • Diagnósticos de Democracia Participativa no interior das Autarquias (Diagnóstico das práticas de relacionamento entre os Serviços e os cidadãos e desenho de medidas para a adopção de práticas mais participativas e democráticas).  

Produtos esperados

 
  • Ampliar a disseminação das experiências de Orçamento Participativo em Portugal;
  • Qualificar as experiências existentes, melhorando processos e aprofundando as dinâmicas de participação;
  • Publicações sobre a realidade dos Orçamentos Participativos em Portugal;
  • Reforçar as relações de cooperação entre as experiências de Orçamento Participativo em Portugal. 

Parceiros

Parceiros Nacionais:

  • Câmaras Municipais de: Cascais, Lisboa, Odemira, Ponta Delgada, Oeiras;
  • Centro de Estudos Sociais;
  • DINÂMIA/CET;
  • Fundação para os Estudos e Formação Autárquica (Fundação CEFA); 
  • Agência para a Coesão Territorial - AGECTA (Açores).


Parceiros Internacionais:

  • Bürgerhaushalt (Alemanha);
  • Comisión de Inclusión Social y Democracia Participativa de CGLU;
  • COPEVI - Centro Operacional de Vivienda y Poblamiento (México);
  • Dirección Nacional del Presupuesto Público DNPP - MEF (Peru);
  • ENDA (África); - Foro Chileno de Presupuesto Participativo;
  • Fondo Andaluz de Municipios para la Solidariedad Internacional;
  • Ministério da Descentralização, Habitação e Ordenamento do Território (Cabo Verde);
  • Nações Unidas (Cabo Verde);
  • Observatorio Internacional de la Democracia Participativa;
  • Participatory Budgeting Unit (Reino Unido);
  • Prefeitura de Porto Alegre, Brasil.
  • Rede Estatal por los Presupuestos Participativos (Espanha);
  • Red FAL - Rede Brasileira de Orçamento Participativo;
  • Red Argentina de Presupuestos Participativos;
  • Red Nacional de Planeación Local y Presupuestación Participativa (Colombia);
  • Rete del Nuovo Municipio;
  • The Participatory Budgeting Project;
  • Unidad Nacional de Presupuestos Participativos (Federação Dominicana de Municípios);
  • Universidade Federal da Região ABC;
  • Frente Nacional de Prefeitos - Departamento de Participação Social da Secretaria-Geral da Presidência da República do Brasil;
  • University College London / Development Planning Unit (Reino Unido).

Financiador

As fontes de financiamento desta Iniciativa são diversas e em função das actividades desenvolvidas. Alguns recursos são provenientes de prestações de serviços e outros de projectos financiados. 

Responsável

Nelson Dias

Elementos da equipa

Filipa Biel, Simone Júlio, Anne Pereira, Gilles Pradeau.

Ligações úteis

Orçamento Participativo Portugal

Info OP- Sistema de Informação sobre Orçamentos Participativos

OUTROS PROJECTOS
  • Infoagri - Informação Agrícola no Algarve Central

    INFOAGRI - INFORMAÇÃO AGRÍCOLA NO ALGARVE CENTRAL

  • Cria Mais E6G

    CRIA MAIS E6G

  • MEDFEST | Experiências de património gastronómico : como criar destinos de turismo gastronómico sustentável

    MEDFEST | EXPERIÊNCIAS DE PATRIMÓNIO GASTRONÓMICO : COMO CRIAR DESTINOS DE TURISMO GASTRONÓMICO SUSTENTÁVEL

  • EMPATIA

    EMPATIA

  • DLBC - Desenvolvimento Local de Base Comunitária

    DLBC - DESENVOLVIMENTO LOCAL DE BASE COMUNITÁRIA

  • Oficinas do S@ber

    OFICINAS DO S@BER

  • DON’T WASTE OUR FUTURE

    DON’T WASTE OUR FUTURE

  • Made In Loco

    MADE IN LOCO

  • PORTUGAL PARTICIPA

    PORTUGAL PARTICIPA

  • Orçamentos Participativos para a Melhoria da Governação Municipal

    ORÇAMENTOS PARTICIPATIVOS PARA A MELHORIA DA GOVERNAÇÃO MUNICIPAL

  • COMPARTE

    COMPARTE

  • BTN ALG14- Bienal de Turismo de Natureza

    BTN ALG14- BIENAL DE TURISMO DE NATUREZA

  • A Juventude Move Europa

    A JUVENTUDE MOVE EUROPA

  • CLDS+: Faro Adentro

    CLDS+: FARO ADENTRO

  • SLOWMED - Slow Food as a means of dialogue in Mediterranean Contexts

    SLOWMED - SLOW FOOD AS A MEANS OF DIALOGUE IN MEDITERRANEAN CONTEXTS

  • VIDA ATIVA

    VIDA ATIVA

  • "Um Outro Algarve"

    "UM OUTRO ALGARVE"

  • Learning to Count

    LEARNING TO COUNT

  • Curso de Democracia Participativa

    CURSO DE DEMOCRACIA PARTICIPATIVA

  • Q3 – QUALIFICAR O 3º SECTOR

    Q3 – QUALIFICAR O 3º SECTOR

USERNAME

PASSWORD

EMAIL

PASSWORD